SBT anuncia saída "oficial" de Ana Paula Padrão; Record só a quer como âncora

http://3.bp.blogspot.com/_IT_XtgmY8iE/SRC_wNJ0mYI/AAAAAAAAB7I/Xw10WCa5i_s/s320/sbt+x+record+quem+ganha.jpg

Ricardo Feltrin Colunista do UOL
A direção do SBT anunciou oficialmente na tarde desta quinta-feira que o contrato de Ana Paula Padrão não será renovado. O contrato terminou hoje. Ana Paula Padrão foi contratada pelo SBT em 2005 como âncora de um jornal diário. Um ano depois, ela e o SBT acordaram um novo contrato no qual ela se tornou produtora independente, nos moldes da CNN. Ana Paula recebia cerca de R$ 300 mil para entregar um programa pronto e editado por semana, o "SBT Realidade". Pelo contrato anterior, o SBT pode continuar a usar todo o material novamente, e por quantas vezes quiser. Então, dada às mudanças de humor constantes do dono da emissora, Ana Paula pode voltar ao vídeo do SBT nos próximos anos em reprises. A Record já fez uma sondagem, mas seu interesse é o mesmo do SBT: só quer a jornalista se for para ancorar algum jornal diário. Seja o horário que for.

Datena diz que a concorrência é mais forte que ele

datena-2

Em mais um desabafo a respeito de sua, provável, má audiência, José Luiz Datenanovamente criticou o IBOPE. Em dado momento jornalista disparou : ” Engraçado, nós estamos mostrando o salvamento de uma vida e, ao que parece, as pesssoas estão mais interessadas em assistir a um cavalo sendo salvo. É por essas e outras que não acredito mais no IBOPE, já desacreditei nele faz tempo.”

Em outro bloco Datena esbravejou com sua produção: “Estou a meia hora pedindo para me colocarem no ar e vocês ficam mostrando a mesma cena 89 vezes… Assim não dá. Quero ver se segunda vocês estarão com essa competência toda. Os caras estão vindo com tudo, são mais fortes… quero ver só. Me ajuda aí pô”.

Dona Beija pode estar com os dias contados; Revelação vai bem no Ibope

dona_beija_logo_21Por José Armando Vannucci

Alternativa ao futebol da Globo e da Band, o capítulo desta quarta-feira de “Dona Beija” manteve os índices dos últimos dias. Nos corredores da Anhanguera há quem aposte que Silvio Santos cortará a reprise da novela da extinta Manchete para apostar num produto com mais apelo junto ao público. Ontem, “Revelação” atingiu a marca dos 06 pontos de média.

Britto Jr. dá nota 4 para Ronaldo Fenômeno e 10 para Hebe Camargo

Britto mete o pau na antiga casa

Britto mete o pau na antiga casa

Hoje pela manhã Britto Jr. participou de um quadro no programa Hoje em Dia que atribui notas de zero à dez a alguns artistas.

Mas muitas foram as revelações e surpresas do quadro. Quando a pessoa, em que ele foi atribuir uma nota, foi Faustão ele deu nota 6, mas criticou bastante seu jeito de não permitir o entrevistado á falar e ás vezes nem mesmo cantores, que participam do programa, á cantar.

E terminou com a nota e opinião de Ronaldo. Admintiu que o jogador não dá entrevistas á qualquer repórter da Rede Record e que o culpado era ele, de dar críticas ao jogador, mas na verdade quem fez isso foi a TV Globo (que ele chama de “a outra emissora”) e é nela que atribui a culpa do jogador não dar entrevista a emissora dos bispos. A nota que o jornalista falou é 4, e completou dizendo que nunca que iria dizer aos seus filhos se espelharem no fenômeno como esportista e pessoa.

Muito polêmica na despedida de Britto Jr. que participou de seu último programa ao vivo antes da estreia do novo reality da Record. Britto voltará para o comando do programa assim que o reality terminar. Durante seu tempo fora, Celso Zucatelli irá substituí-lo.

Veja outras notas que o apresentador e jornalista concedeu:

Adriano, jogador de futebol - 4 Hebe Camargo, apresentadora - 10 Galvão Bueno, narrador esportivo - 10 Chico Anísio, humorista - 8 Entre outros mais artistas da televisão e dos esportes.

As principais audiências de quarta-feira 29/04/2009

fonte Ofuxico
Apresento agora as principais audiências de quarta-feira (29), das emissoras de TV aberta. Destaque para Poder Paralelo, da Record, que entrou no horário de Chamas da Vida e teve queda de 5 pontos, marcando 10 pontos de média.
Globo
Mais Você
8 pontos
Globo
Paraíso
24 pontos
Globo
Caras & Bocas
26 pontos
Globo
Caminho das Índias
38 pontos
Globo
Futebol: Atlético Paranaense x Corinthians
29 pontos
Record
Hoje em Dia
5 pontos
Record
Promessas de Amor
10 pontos
Record
Poder Paralelo
10 pontos
SBT
Revelação
6 pontos
SBT
Dona Beija
5 pontos
Band
Brasil Urgente!
5 pontos
Band
Futebol: Atlético Paranaense x Corinthians
6 pontos

"Astros" especial 1 ano marcou 7 pontos

por José Armando Vannucci ESPECIAL DE 1 ANO A equipe do reality show "Astros" apostou numa festa com os destaques do primeiro ano do programa para encerrar a atual temporada. Os apresentadores receberam no palco os candidatos vencedores de cada mês para falar sobre a mudança em suas vidas após a participação no reality. Os "personagens" engraçados também foram lembrados no especial. A segunda temporada de "Astros" estréia na próxima quarta-feira e traz muitas novidades, entre elas a participação de grandes nomes da música no processo de avaliação e mais externas com os apresentadores. Ontem, segundo dados preliminares, "Astros" fechou com 07 pontos de média.

"Dia Dia" completa 1 mês no ar

A Band acertou em cheio com o "Dia Dia" nas suas manhãs. Hoje o programa completa um mês no ar. Antes, dava traço no horário. Agora, no consolidado, chegou a 2. E vai subir mais, porque é interessante, bem feito e tem duas feras, Patrícia Maldonado e Lorena Calábria na sua apresentação.

Dado Dolabella chegou com mais de 4 horas de atraso para gravar "Louca Família"

por Flávio Ricco
Nas gravações do "Louca Família" de ontem, mesmo em São Paulo e hospedado num hotel, Dado Dolabella chegou com mais de quatro horas de atraso. Os trabalhos começaram por volta de uma da tarde, mas já passava das cinco quando ele chegou ao estúdio. As gravações, que começaram na última sexta (24), estão bastante corridas por conta de compromissos que parte do elenco já tem na emissora nos próximos meses. Na primeira noite, gravaram por onze horas seguidas.

EFEITOS DE UMA BOA NOVELA

por José Armando Vannucci

Os bons resultados da dramaturgia da Globo são comemorados pelos executivos da emissora e muitos acreditam que esse crescimento é consequência direta de “Caras e Bocas”. Sem dúvida, Wlacyr Carrasco conseguiu melhorar o desempenho do horário e atraiu um público que recentemente trocou novelas por outros programas e mídias.

O tom contemporâneo é um dos segredos do sucesso de “Caras e Bocas” e ajuda o telespectador a se identificar com os personagens criados pelo autor. Atualmente, mais do que histórias mirabolantes e de amor impossível, o público precisa se enxergar na tela e sentir que ajuda na condução da novela. Não é por menos que os heróis e mocinhas também possuem defeitos e em alguns momentos tomam atitudes duvidosas, iguais as de quem está em casa. É a humanização do personagem!

“Paraíso” busca esta identificação com o público através dos personagens que transitam ao redor dos protagonistas, que vivem uma história de amor quase impossível, longe da realidade. O remake de Benedito Rui Barbosa já recuperou parte dos índices perdidos nos últimos meses e no capítulo de terça-feira atingiu 26 de média. Um dia antes, “Caminho das Índias” também cresceu e marcou 40 pontos. A novela de Glória Perez tem muitos elementos para conquistar o público, muitos deles nos núcleos secundários, como a discussão da esquizofrenia, o fogo de Norminha e o folgado Zeca.

“Caras e Bocas” é o melhor exemplo de que o público assiste novela que é boa e até descobre outros programas porque desenvolve o gosto de ver TV.

SBT muda horário de "Cory na Casa Branca"

O SBT anunciou em release oficial, o horário das estreias de seus novos programas. A novidade ficou por conta da nova série Cory na Casa Branca, spin-off de As Visões da Raven estrelado pelo irmão da Raven, o Cory. "Cory na Casa Branca", que antes estrearia às 18h20, agora será exibida de segunda a sexta às 14h15, substituindo as reprises de Eu, a Patroa e as Crianças, a partir de 4 de maio.

Você ja reparou nos casamentos das novelas Globo e da Record ?

por Flávio Ricco
Quem acompanha novelas nos mais diversos canais já observou as suas divisões. Na Globo, por exemplo, todo casamento é católico, celebrado por um padre. Na Record, a cerimônia é sempre evangélica, como aconteceu agora em "Chamas da Vida". Qual das duas, um dia, num ato de elevado ecumenismo, terá a coragem de juntar pessoas de religiões diferentes? Isso, pelo menos aqui do lado de fora, acontece aos montões.

FALTA BOM SENDO E RESPONSABILIDADE

por José Armando Vannucci

Usar imagens impactantes é um dos recursos para prender a atenção do telespectador não somente nos telejornais popularescos ou policias, mas também em documentários, novelas, filmes, seriados e até mesmo nos infantis. Na TV imagem é tudo. É audiência, é narrativa, é atração, é o produto principal. Num documentário do Discovery Channel, por exemplo, esse recurso aparece quando a câmera registra o exato momento da explosão de um vulcão e o close nas expressões de sofrimento do vilão antes de sua morte é a imagem impactante na novela ou no cinema. Um outro recurso para garantir audiência é a linguagem do reality show, que tenta levar o telespectador o mais perto possível do acontecimento e evita as maquiagens naturais da dramaturgia e dos shows.

O “E-24″, que a Band exibe às terças-feiras, utiliza esses dois recursos e tem alcançado bons índices. No vídeo aparecem casos impactantes de um atendimento emergencial e, para quem gosta, muito sangue, fraturas expostas, coração pulsando, cortes profundos, buracos de tiro … apelo não falta para impactar o público. Programas assim costumam registrar altas audiências e pouco faturamento, já que os anunciantes evitam associar suas imagens a tanta apelação. O problema não é recorrer a esse tipo de imagem, porque assiste quem quer, mas não dá para o programa exibir o atendimento de um rapaz alcoolizado que se jogou de uma laje a cinco metros de altura e chegou ao hospital com fraturas expostas. No vídeo, as legendas deixam claro que, ao responder a um médico, o rapaz diz que pulou porque estava tudo errado em sua casa, na sua vida. É preciso ter responsabilidade na hora de veicular histórias desse tipo, com ou sem morte no final. Televisão é um bom ou mau exemplo para quem assiste. Mesmo porque, até onde eu sei, nenhum veículo de comunicação exibe tentativas de suicídios e suas consequências. É uma questão de bom senso e responsabilidade.

CQC perde classe e mistura humor e grosseria ao fazer piada com Roberto Carlos

por Flávio Ricco
O "CQC" da Band, no gênero, é um dos melhores da tevê na temporada. Indiscutível. O programa de segunda-feira (27) esteve entre os mais engraçados. Verdade também. Até aquela bobagem da câmera balançando, nervosa, que só irritava o telespectador, foi arquivada. Não existe mais. E misturar humor com jornalismo-denúncia é uma fórmula infalível, como foi o caso do Hospital Santa Maria, no Distrito Federal. Tudo muito bom, tudo muito bem, menos o que aconteceu depois da matéria em Ouro Preto, levada ao ar no último programa. Na volta, ao responder a pergunta de Marcelo Tas se conhecia as obras do Aleijadinho, Rafinha Bastos, num momento tremendamente infeliz, disse algo assim: "conheço, 'Emoções', 'Detalhes'... e tem também o Wagner Montes". Ou, "ele, o Wagner Montes...". Foi mal. Baixou o nível demais. Quem faz ao vivo precisa pensar um pouquinho antes de falar, porque depois não tem conserto. E, se não foi improviso, teve texto, o que é pior ainda. Lamentável em ambas situações. Podia muito bem passar sem essa.

"Caminho das Índias" marcou 38 pontos nesta quarta

por José Armando Vannucci
NÚMEROS EQUILIBRADOS "Caminho das Índias" permanece com os índices estabilizados, com alguma variação para cima às segundas e para baixo aos sábados. A autora criará muita tensão com a troca das crianças na Índia e mostrará a luta de Maya para encontrar seu verdadeiro filho. Nos bastidores são muitos os que acreditam que dificilmente a audiência explodirá porque a realidade da TV é outra. "Caminho das Índias" marcou 38 pontos de audiência nesta quarta.

"Poder Paralelo" tem oscilação negativa marcou 10 pontoa

por José Armando Vannucci
PRIMEIRA NOITE EM NOVO HORÁRIO O sinal amarelo foi acionado nos bastidores da Record. O capítulo desta quarta-feira de "Poder Paralelo", o primeiro após o fim de "Chamas da Vida", registrou uma queda significativa nos índices. A emissora deve aumentar o número de chamadas no ar para chamar a atenção dos telespectadores para a trama de Lauro César Muniz, que mantém qualidade acima da média. "Poder Paralelo" caiu na audiência e marcou 10 pontos.

"Dona Beija" vem mantendo os 5 pontos

por José Armando Vannucci
DIAS CONTADOS? Alternativa ao futebol da Globo e da Band, o capítulo desta quarta-feira de "Dona Beija" manteve os índices dos últimos dias. Nos corredores da Anhanguera há quem aposte que Silvio Santos cortará a reprise da novela da extinta Manchete para apostar num produto com mais apelo junto ao público. Ontem, "Revelação" atingiu a marca dos 06 pontos de média. "Dona Beija" marcou 5 pontos nesta quarta.

CHAMAS DA VIDA: FINAL COERENTE

por José Armando Vannucci

Christiane Fridman colocou o ponto final em “Chamas da Vida” e ocupará a terceira colocação no ranking das novelas mais assistidas da Record. A novela que falou sobre os heróis urbanos (bombeiros) discutiu temas importantes e polêmicos, como a pedofilia e o aborto. Através de sua dramaturgia, a autora conseguiu mostrar ao grande público como os jovens são assediados através da internet e por pessoas próximas e acabam vítimas da pedofilia. Depois, com a mesma personagem, Fridman discutiu a questão do aborto nos casos de violência sexual. “Chamas da Vida” revelou o lado mau de Lucinha Lins, que brilhou com sua vilã Wilma e ofuscou muitos personagens importantes. Mas outros atores também tiveram destaque na novela e merecem o aplauso.

No último capítulo a autora revelou a identidade do incendiário anônimo que atormentou a vida da vilã. Léo era o responsável pelos ataques e contou com a ajuda de Darlene. Os dois resolveram vingar a morte e chantagem dos pais. No último capítulo Wilma foi presa, descobriu a identidade do incendiário e morreu com a explosão de uma bomba na cadeia. A autora reservou para os momentos finais a sequência com o casamento de Carolina e Pedro, que largaram todos na cerimônia porque o herói precisou atender a mais um chamado de incêndio. Foi um final coerente, com alguns exageros de uma telenovela (urso de pelúcia com celular e bomba no presídio), mas um encerramento justificado.

Ana Paula Padrão é sondada pela Record

Agora sem contrato algum com o SBT e afastada da televisão, Ana Paula Padrão já está sendo sondada pela Record. Segundo a coluna Zapping, houve uma primeira conversa há cerca de três meses e o interesse despertou novamente nesta semana, com o fim oficial de seu compromisso com o canal de Silvio Santos. Um dos principais obstáculos para que um contrato com a Record seja firmado está na vontade de Ana Paula Padrão de ficar longe das bancadas de um telejornal diário - o mesmo motivo que a fez declinar a proposta de renovação feita pelo SBT.

Audiências: ‘Caras e Bocas’ cai, ‘Caminho das Índias’ mantém e ‘Paraíso’ sobe

caminho-nascimento-bebe-maya

Caminho das Índias: audiência estável

A Rede Globo está comemorando as audiências de suas novelas. Depois de passar por uma fase complicada, a emissora ver os índices subirem.

Nesta quarta-feira (29/04) a reprise de “Senhora do Destino” marcou uma média de 18 pontos. No final da tarde, “Malhação” conquistou uma média de 23. Em seguida, “Paraíso” emplacou 25.

A nova novela das sete, “Caras & Bocas” fechou o capítulo em 26,5 pontos. Por fim, a novela das oito, “Caminho das Índias” continua sendo o programa de maior audiência da TV brasileira. A trama de Glória Perez obteve uma média de 37.

*Os números são prévios e podem sofrer alterações no consolidado.

Audiências: ‘Poder Paralelo’ desaba e ‘Promessas de Amor’ mantém

poderparalelo

"Poder Paralelo" surpreendeu e registrou péssima audiência

É verdade que às quartas-feiras as novelas da Record registram ótimos índices de audiência, mas hoje (29/04) a história foi outra. Com o fim de “Chamas da Vida”, a emissora viu seus índices desabarem. De acordo com dados prévios, a novela “Promessas de Amor”, agora em novo horário, das 21h às 22h10, marcou 10,5 pontos.

Em seguida, “Poder Paralelo”, trama escrita por Lauro César Muniz, não conseguiu manter a audiência da antecessora. Mesmo disputando com o futebol da Globo, a novela registrou uma média de apenas 10 pontos.

*Os números são prévios e podem sofrer alterações no consolidado.

Bastidores da TV por Flávio Ricco 30/09

“CQC” perde a classe e mistura humor com grosseria ao fazer piada com Roberto Carlos

O “CQC” da Band, no gênero, é um dos melhores da tevê na temporada. Indiscutível. O programa de segunda-feira (27) esteve entre os mais engraçados. Verdade também. Até aquela bobagem da câmera balançando, nervosa, que só irritava o telespectador, foi arquivada. Não existe mais. E misturar humor com jornalismo-denúncia é uma fórmula infalível, como foi o caso do Hospital Santa Maria, no Distrito Federal.

Tudo muito bom, tudo muito bem, menos o que aconteceu depois da matéria em Ouro Preto, levada ao ar no último programa.

"CQC" FAZ PIADA DUVIDOSA SOBRE O CANTOR ROBERTO CARLOS

"CQC" FAZ PIADA DUVIDOSA SOBRE O CANTOR ROBERTO CARLOS

Na volta, ao responder a pergunta de Marcelo Tas se conhecia as obras do Aleijadinho, Rafinha Bastos, num momento tremendamente infeliz, disse algo assim: “conheço, ‘Emoções’, ‘Detalhes’… e tem também o Wagner Montes”. Ou, “ele, o Wagner Montes…”. Foi mal. Baixou o nível demais.

Quem faz ao vivo precisa pensar um pouquinho antes de falar, porque depois não tem conserto. E, se não foi improviso, teve texto, o que é pior ainda. Lamentável em ambas situações. Podia muito bem passar sem essa.

Uma possibilidade

Bosco Brasil, um dos três candidatos a autor da próxima novela das sete na Globo, entregou uma segunda versão para os primeiros capítulos da novela “Bom Dia Frankenstein”. A história se passa em um edifício repleto de câmeras e sua proposta é discutir a liberdade vigiada, tal qual um “Big Brother”.

Depois de desenvolver a sinopse de “Bom Dia Frankenstein”, Bosco Brasil contou com algumas orientações do experiente Aguinaldo Silva no roteiro. Agora, está na expectativa de ser o escolhido.

Bênção dividida

Quem acompanha novelas nos mais diversos canais já observou as suas divisões. Na Globo, por exemplo, todo casamento é católico, celebrado por um padre. Na Record, a cerimônia é sempre evangélica, como aconteceu agora em “Chamas da Vida”.

Qual das duas, um dia, num ato de elevado ecumenismo, terá a coragem de juntar pessoas de religiões diferentes? Isso, pelo menos aqui do lado de fora, acontece aos montões.

No ar

A ESPN lança no Brasil o primeiro canal em alta definição com 24 horas de programação totalmente esportiva. As maiores competições internacionais, como a UEFA Champions League, a Copa da UEFA e os campeonatos Espanhol e Italiano, entre outras, estarão ao vivo no ESPN HD.

É o terceiro canal de TV da ESPN no Brasil, que neste ano comemora seu 20º aniversário no país.

Paquera

Informalmente, César Filho foi sondado por um diretor de uma outra emissora. Até onde se sabe, conversa foi curta e não progrediu. Ele tem compromisso com o SBT até 2011 e nunca quebrou um contrato.

Último dia

Termina hoje o contrato da Ana Paula Padrão com o SBT. Um fim que todo mundo sabia de véspera. Resta saber qual será o próximo passo da jornalista. Ela, por enquanto, não fala nada sobre o futuro.

Pegou jeito

Foram muitas as críticas ao reformado “Vídeo Show” nos primeiros dias. E justas. Não estava bom. Agora já se observam progressos. O trabalho do Luigi Baricelli, por exemplo, como um dos novos apresentadores, tem que ser destacado. Já encontrou o jeito. Está bem e à vontade.

Primeiro problema

DADO DOLABELLA ATRASA QUATRO HORAS PARA GRAVAÇÃO DE SITCOM

DADO DOLABELLA ATRASA QUATRO HORAS PARA GRAVAÇÃO DE SITCOM

Nas gravações do “Louca Família” de ontem, mesmo em São Paulo e hospedado num hotel, Dado Dolabella chegou com mais de quatro horas de atraso. Os trabalhos começaram por volta de uma da tarde, mas já passava das cinco quando ele chegou ao estúdio.

As gravações, que começaram na última sexta (24), estão bastante corridas por conta de compromissos que parte do elenco já tem na emissora nos próximos meses. Na primeira noite, gravaram por onze horas seguidas.

Seriado

Com direção de Fernando Ceylão, começam na próxima segunda-feira, no Rio, as gravações de “Amorais”, nova série do “Canal Brasil”. Terá 13 episódios e Luiza Mell como protagonista. Estreia prevista para junho.

Não avisei?

Na tentativa de levantar o Ibope de “Promessas de Amor”, a Record informa que a novela receberá investimentos no elenco. Nomes estão sendo procurados no mercado e também no próprio “cast” da emissora. “Promessas” possui um custo-capítulo muito alto e ainda não justifica a aposta.

Caminho certo

A Band acertou em cheio com o “Dia Dia” nas suas manhãs. Hoje o programa completa um mês no ar. Antes, dava traço no horário. Agora, no consolidado, chegou a 2. E vai subir mais, porque é interessante, bem feito e tem duas feras, Patrícia Maldonado e Lorena Calábria na sua apresentação.

Jornada dupla

Futebol europeu, com a Copa da Uefa, em dois tempos, hoje, na Record. Na aberta, 3 e meia, tem Werder Bremen e Hamburgo, com narração de Eder Luiz. Na Record News, 6 da tarde, mas gravado as 13h00, Dínamo e Shakhtar, transmissão de Oliveira Andrade. Um monte de brasileiros em campo.

Foi na frente O jornalismo da Record conseguiu ser mais rápido. Já na noite de segunda-feira, no seu principal telejornal, a repórter Heloisa Vilela, deslocada de Nova York, já aparecia da Cidade do México falando da gripe suína.

Só na noite de terça-feira, Rodrigo Bocardi chegou lá e entrou no “Jornal da Globo”, mas por telefone.

Mais dois

Pedro, filho do sertanejo Leonardo, está na “Fazenda” da Record. Babi Xavier também. Confirmada. A relação com os nomes dos 14 participantes está pronta e, informa-se, existem outros tantos numa lista de espera.

Importante colocar

Thelma Guedes e Duca Rachid, autoras da próxima das 6 na Globo, não são iniciantes nas novelas. A diferença é que agora, juntas, irão tocar uma novela das 18 horas, que terá a supervisão do João Emanuel Carneiro.

Tênis

O Grand Champions Brasil 2009, válido pelo circuito oficial da ATP - Associação dos Tenistas Profissionais -, terá cobertura da Record e Record News. O evento está confirmado para 21 a 24 de maio, em São Paulo.

C´est fini

Então é isso: a direção da Cultura, depois de nota aqui publicada, revisou o caso, voltou atrás e deixou de cobrar vacina da gripe dos seus funcionários. Agora, olha só que coisa mais triste: não é que, acabo de saber, a Bandeirantes cobra. Desconto em folha de 20 reais do funcionário interessado. Dá de graça. Além de simpático, sai mais barato. Amanhã tem mais. Tchau!

Data Marcada: "Vende-se Um Véu de Noiva" estreia dia 17 de Junho no SBT
http://audienciadatv.files.wordpress.com/2009/04/sbt-novidades-2009.jpg
Por Diego Afonso
O SBT divulgou em seu próprio site a estreia de varias atrações, a nova programação que vem com muitas novidades já esta marcada para iniciar dia 4 de Maio; com o novo formato de "Casos de Família", "Programa do Ratinho", entre outros... A nova novela que irá substituir "REVELÇÃO" esta prevista com estreia no dia 17 de junho, com divulgação do próprio site da emissora, "Vende-se Um Véu de noiva" será uma readapção de Íris Abravanel da obra de Janete Clair, as imagens das gravações vem surpreendendo vários diretores da emissora, agora vamos esperar pra conferir. E você, o que acha das novas atrações que o SBT esta divulgando, será que este é o momento da virada contra a RECORD? Deixe sua opinião...
Mais de 5 mil já se inscreveram em novo programa de Netinho
http://oglobo.globo.com/blogs/arquivos_upload/2009/03/278_306-netinho.JPG

O Show da Gente, de Netinho de Paula, ainda não estreou mas apenas suas chamadas já foram suficiente para atrair milhares de inscrições no site do SBT.

A causa do sucesso antecipado está no quadro Um Dia de Princesa, onde a mulher escolhida ganha um banho de loja e passa algumas horas cercadas de mordomias, todas sob participação de Netinho.
Segundo a coluna Zapping foram mais de 5.500 inscritas desde a última sexta-feira.

Baby Xavier será a vilã de “Bela, a Feia”

baby-xavier

Babi Xavier levou um susto quando foi chamada pela direção da Record para emendar duas vilãs. Escalada para viver a maquiavélica Verônica, antagonista de Bela, a Feia, com estréia prevista para junho, a maior preocupação da atriz tem sido diferenciar duas malvadas. Afinal, há pouco mais de quatro meses ela estava no ar com a mirabolante cientista Doutora Juli, em Os Mutantes.

“Sou uma apresentadora. Dizem que sou atriz e até acredito. Mas me dá medo outra personagem tão rica e má, ter de criar outra voz, outros trejeitos. Ainda estou aprendendo”, minimiza, com um farto sorriso.

No entanto, Babi já tem meio caminho andado na composição da vilã da novela de Gisele Joras ¿ adaptação de Betty, a Feia através de uma co-produção da Record com a Televisa.

Verônica é a poderosa chefona de uma revista de moda. E a atriz de 34 anos convive com esse universo desde os 18 anos de idade, quando começou a trabalhar como modelo na extinta Agência Class, quando ainda morava em Niterói, sua cidade natal. “Nunca deixei a moda de lado. Sou leitora assídua de revistas nacionais e internacionais. Pena que fiz poucas capas de revistas”, analisa.

Sempre falante e sedenta para voltar ao batente, Babi lamenta por até agora não ter conseguido seu espaço como apresentadora na Record, onde renovou seu contrato por mais dois anos. Vinculada à emissora desde 2007, quando interpretou a advogada Patrícia, em Vidas Opostas, a atriz já chegou a procurar a diretoria da emissora para conversar sobre a possibilidade de comandar um programa. “Dizem que meu nome é cogitado em diversas reuniões. Falei que posso conciliar as duas carreiras. Podem me dar um programa pequeno que eu sei que a produção vai crescer. Não gostaria que pensassem em mim apenas para programas maiores, da linha A”, desabafa.

Mas foi com um programa de maior destaque no SBT que Babi foi mais reconhecida como apresentadora. Na época em que substituiu Serginho Groismann no Programa Livre, a atriz viveu o auge de sua carreira à frente das câmaras, que começou com o Sintônia Fina, produção que apresentava a programação da Sky, em 1998.

Logo em seguida, comandou o MTV Erótica, que se transformou num dos referenciais para os jovens na época. “Minha maior vocação é ser apresentadora. Podem me dar um microfone que saio improvisando. Minha aspiração é ser reconhecida na emissora com as duas carreiras e ter essa flexibilidade na casa”, argumenta.

Além de ainda não ter conseguido emplacar uma produção na Record, Babi se queixa de ter sido impedida de comandar um programa pela WTN ¿ Web & Television Network ¿ um canal de TV pela internet. Recentemente ela foi convidada para liderar uma produção de variedades voltada para o público feminino. No entanto, não teve permissão contratual para aceitar a empreitada. “Entendi que foi um problema de contrato, não foi nada pessoal”, assegura.

Enquanto não consegue conciliar as duas profissões, Babi concentra suas energias não só nos primeiros preparativos para moldar a diabólica Verônica, mas se orgulha de recentemente ter trocado de faixa nas aulas de defesa pessoal do Krav Magá.

Além de ter alcançado a faixa amarela, a atriz agora almeja também começar a pensar em ter filhos. Solteira, chegou a colocar à venda a espaçosa casa em que vive na Barra, na Zona Oeste do Rio, com um objetivo em mente. “Os homens chegam aqui e se assustam. Têm medo de mulher independente. Se for famosa, então, a coisa piora. Acho que se eu for para um apartamento mais simples vou assustar menos”, brinca, com sua habitual simpatia.

Novas mídias são alternativa para audiência das emissoras

tvdigital_01

O fantasma da crise de audiência que assusta a TV aberta pode ser exorcizado com tecnologia. Com o surgimento de novas plataformas, as emissoras planejam ações que envolvem estas novas mídias. A Record lança na internet, no segundo semestre, um novo portal que deve valorizar a interatividade com os telespectadores e dividir conteúdo com a televisão.

Na Globo, como a internet não é novidade, todas as expectativas estão em cima do que a empresa acredita ser a grande surpresa dos próximos anos: o celular. “No Japão, existem mais de 50 milhões de usuários com aparelhos que captam canais abertos. O Brasil pode chegar a esse número dentro dos próximos cinco anos”, prevê Octávio Florisbal, diretor geral da emissora.

O Brasil já comercializa aparelhos que captam tanto o sinal analógico quanto o digital da TV aberta. Por conta disso, alguns diretores pensam em planos para determinados programas que favoreçam a exibição de seus produtos nesses receptores. Mas os planos de investimentos não se resumem apenas a melhorar a qualidade de exibição da TV no telefone. A Globo, por exemplo, trabalha em cima de protótipos de telejornais feitos exclusivamente para clientes de operadoras de celular.

“Na verdade, tratam-se de sínteses dos nossos próprios telejornais, para quem não pôde assistir. Pensamos em oito edições normais ao longo do dia e algumas especiais, dependendo da necessidade”, adianta Manoel Martins, diretor geral de entretenimento da emissora.

Apostar em internet não chega a ser uma novidade ou ousadia. Mas os números mostram que o investimento vale a pena. Uma pesquisa feita pela Globo aponta que 12 milhões de domicílios contam com banda larga no Brasil. Isso representa quase 22% do número total de residências com TV aberta, que segundo a emissora gira em torno de 55 milhões.

A maioria delas, provavelmente, contando com as duas possibilidades. Ou seja: uma pode incentivar o aumento de audiência ¿ ou, no caso da internet, acessos ¿ da outra. “Você praticamente só vê na internet repetição de programas. As pessoas ainda não descobriram a melhor forma de trocar informações entre a TV e o computador”, atesta Lorena Calábria, apresentadora do Dia Dia, da Band.

Lilian Witte Fibe já se aventurou na grande rede. A então âncora do Jornal da Globo deixou a TV aberta em 2000 para apresentar um telejornal online, no Portal Terra. “Eu estava atrás de novidades”, resume. Lorena também apresentou um programa de entrevistas exibido na internet.

Ana Paula Padrão se despede do SBT em quarto lugar

sbt-realidade-ana-paula

Exibido entre 23h42 e 00h48, o SBT Realidade fechou com apenas 3 pontos de média. Foi derrotado pela Bandeirantes, que marcou 4 pontos com a exibição do Custe o Que Custar e o Jornal da Noite. A Record estava na vice-liderança, com 11,5 pontos, enquanto exibiu A Lei e o Crime e CSI NY. Por fim, a Globo liderou isolada com 15 pontos durante a exibição da Tela Quente e do Jornal da Globo.

Ana Paula Padrão optou por não renovar seu contrato com o SBT, que expira nesta semana. A nova proposta contratual do SBT defendia que a jornalista voltasse a comandar algum jornal - o que não era de sua vontade - e uma grande redução salarial.

A estreia de Padrão no SBT foi em uma segunda-feira, dia 15 de agosto de 2005. Seu primeiro dia coincidiu com uma nova etapa na emissora de Silvio Santos, que até então pouca atenção dava ao departamento de telejornalismo. No dia em questão, o SBT Brasil foi maciçamente divulgado em diversas mídias e foi ao ar entre 19h15 e 20h, registrando 10 pontos de média - um dos maiores índices atingidos por um noticiário da emissora nos últimos anos. De lá para cá, esta marca nunca se repetiu, mesmo após as inúmeras reformulações e a vinda de Carlos Nascimento.

No dia 24 de novembro de 2006, uma sexta-feira, Ana Paula Padrão deixou o comando do SBT Brasil pouco mais de um ano após sua estreia. A partir dali, a jornalista passou a se dedicar ao SBT Realidade, que viria a estrear no dia 26 de março de 2007 e que teve sua última edição anteontem.

Hebe Camargo: “Já estive triste com Silvio, agora não”

hebe_8Por Gabriela Valente

Hebe Camargo é conhecida por seu jeito irreverente e pé no chão. Em conversa com o Famosidades, a loira mais querida do Brasil comentou sobre Silvio Santos e sobre a reformulação que seu programa sofreu. “Agora estou muito feliz e satisfeita. Não tenho do que reclamar. A atração está muito bem. Temos coisas novas e que me alegram demais”, disse. A respeito dos últimos depoimentos de Celso Portiolli para a imprensa ao afirmar que está chateado com Silvio Santos por não se sentir valorizado pelo canal, Hebe ressaltou: “Ah, mas isso é fase. Celso é talentosíssimo. Eu também já passei por isso no SBT. Fiquei tristinha, mas agora estou alegre. Isso vai acontecer com ele. Logo, logo, o Silvio lhe dá um lugar que ele realmente merece”.

Mário Marona: “E24 é lição de jornalismo, Profissão Repórter é síntese dos piores defeitos.”

profissao_reporter_2

"Os repórteres SÃO o programa (sobre o Profissão Repórter). A importância da reportagem parece ser medida pela quantidade de vezes que o repórter terá oportunidade de aparecer.

Por Mário Marona

Globo e Band puseram no ar no mesmo horário, na noite de terça-feira, programas jornalísticos com algumas semelhanças:

  • ambos adotam linguagem diferente do telejornalismo tradicional praticado no Brasil,
  • ambos se esforçam por abordar com alguma profundidade, coisa rara em televisão, a vida das pessoas escolhidas como protagonistas,
  • ambos, além disso, têm um estilo de reality show.

No entanto, se têm analogias importantes, E24 (Emergência 24 horas), da Band, e Profissão Repórter, da Globo, distanciam-se num aspecto fundamental: o primeiro é muito bom, o segundo é sofrível.

E24 é uma lição de telejornalismo.

Profissão Repórter é uma síntese dos piores defeitos do telejornalismo brasileiro.

O programa da Band, feito pela produtora Quatro Cabezas, segundo formato adotado em outros países latinos, poupa o telespectador do superficial, do dispensável, da frivolidade típica da televisão. Os personagens predominam. Agem, correm, se estressam, desabafam, se emocionam, choram - e fazem tudo isto com uma naturalidade que dispensa a presença física do repórter. A reportagem está lá, o tempo inteiro, em cada take. O repórter, não. Não há contraplanos, não há passagens. A produção não interfere na cena. O que se vê na tela é documentário em estado puro, sem artificialismos.

Profissão Repórter é o oposto. Os repórteres SÃO o programa. A importância da reportagem parece ser medida pela quantidade de vezes que o repórter terá oportunidade de aparecer. Nele, quem mais fala, ri, se emociona e participa é o repórter. O jornalista é o dono da cena. Há lugar até para metalinguagem: o repórter rouba o tempo do entrevistado e, na cena seguinte, tem o seu tempo roubado pelo diretor, Caco Barcellos. Em casa, somos obrigados a assistir à bronca quase constrangida do “professor Caco” no jovem repórter que, segundo o site do programa, tem como qualidade importante no currículo o fato de ser ator. Deve ser por isso que ele ria mais do que o Carlos Nascimento lendo notícia ruim.

A Globo já proibiu a presença de repórter dentro de salas de cirurgia. Nos velhos tempos, passagem gravada em locais que exigem perfeita assepsia era considerada invasiva, exagerada, desnecessária.

Esta época já passou.

O exibicionismo venceu.

Um diretor maluco da Globo já quis mandar o helicóptero da empresa para salvar um suicida. Foi demitido, duas vezes.

Hoje, seria promovido por botar no ar a reportagem perfeita: com âncora, repórter e nenhuma fonte de informação.

Sobre o autor:

Mário Marona é sócio da empresa de assessoria, produção e consultoria de comunicação Mrmarona Produções Jornalísticas Ltda. Tem 53 anos. É gaúcho. Jornalista há 35 anos. Uma enorme lista de ‘ex-funções’: diretor de jornalismo da Band-Rio, editor-chefe do Jornal do Brasil, diretor de jornalismo da TV Globo em Brasília, editor-chefe do Jornal Nacional (TV Globo),editor-chefe adjunto do Globo, editor-executivo, editor de política, editor de cidade, editor de esportes e chefe de reportagem do Globo.